Comunidades Indígenas

   Minimizar

 

São cerca de 15 mil índios na área de atuação da Veracel.  Doze aldeias estão sediadas dentro da faixa de 10 km da costa, onde a Veracel não planta eucalipto, mas mantém exclusivamente áreas de proteção ambiental.
Seis comunidades estão próximas ao plantio comercial, mas recebem informações sobre as atividades de manutenção florestal.
A Veracel mantém relacionamento sistemático com estas comunidades tradicionais, por meio de convênios ou de ações sob total conhecimento e anuência das autoridades brasileiras.
Independente da situação legal das terras indígenas nos municipios onde a Veracel atua, a empresa conhece, respeita e contribui para as causas indígenas.
Os municípios  onde a Veracel atua são: Eunápolis,  Belmonte, Porto Seguro, Itagimirim, Itapebi, Canavieiras, Santa Cruz Cabrália, Mascote, Itabela e Guaratinga.



 

Na área de atuação da Veracel, no Sul da Bahia, Brasil, existem 17 aldeias indígenas. Três da etnia Tupinambá e 14 Pataxó. São elas:

1 – Jitai – não demarcada
2 – Guaxuma – não demarcada
3 – Pé do Monte – reserva oficial
4 -  Boca da Mata - reserva oficial
5 – Meio da Mata - reserva oficial
6 – Barra Velha - reserva oficial
7 – Aldeia Velha – processo final de demarcação
8 – Juerana – não demarcada
9 – Arueira - não demarcada
10 – Agricultura - não demarcada
11 – Coroa Vermelha – reserva oficial
12 – Nova Coroa – não demarcada
13 – Mata Medonha – reserva oficial
14 – Patiburi – em processo de demarcação
15 – Encanto da Patioba – não demarcado
16 – Jaqueira – reserva oficial
17 – Vereme – não demarcado

Reserva oficial – reconhecida pelo Governo Federal do Brasil
Não demarcada -  não reconhecidas oficialmente
Em processo de demarcação – para reconhecimento oficial