Corredor Central da Mata Atlântica

   Minimizar

Em 1999, as agências ambientais do governo federal e da Bahia deram o nome de “Corredor do Descobrimento” à região que se estende do sul da Bahia ao norte do Espírito Santo, em referência à sua herança histórica. Atualmente denominada “Corredor Central da Mata Atlântica”, a área cobre cerca de 12 milhões de hectares. No Extremo sul da Bahia encontra-se um dos remanescentes florestais mais importantes do referido Corredor.

O Corredor Central da Mata Atlântica é considerado uma das áreas mais importantes para a conservação da biodiversidade do planeta, já que representa um dos principais centros de endemismo da Mata Atlântica para plantas, borboletas e vertebrados. Possui várias áreas indicadas como prioritárias para conservação da biodiversidade do bioma e detém ainda dois dos maiores recordes de diversidade de plantas arbóreas em todo o mundo, no Parque Estadual da Serra do Conduru e na região serrana do Espírito Santo.
O Corredor abriga também grande diversidade de espécies de vertebrados, incluindo mais de 50% das espécies de aves endêmicas da Mata Atlântica e 60% das espécies endêmicas de primatas deste bioma, como é o caso do mico-leão-de-cara-dourada (Leontopithecuschrysomelas) e o macaco-prego-do-peito-amarelo (Cebusxanthosternos).
Para saber mais informações, entre no site www.corredores.org.br.

Code Psn Gratuit