Veracel Celulose amplia ações para auxiliar no enfrentamento da Covid-19

Veracel Celulose amplia ações para auxiliar no enfrentamento da Covid-19

As iniciativas, realizadas individualmente pela empresa ou em conjunto com um grupo de parceiros, contemplam cuidados para garantir a proteção dos colaboradores e apoio às comunidades do entorno da companhia

 

A Veracel Celulose, indústria localizada na região da Costa do Descobrimento, no Sul da Bahia, segue implementando e ampliando as iniciativas que tem adotado desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março. O objetivo é garantir a proteção, a saúde e o bem-estar de seus colaboradores – ao todo são mais de 3 mil postos de trabalho sendo, aproximadamente, 730 próprios e 2.400 em empresas parceiras – e apoiar as comunidades de sua região de atuação, especialmente os grupos mais vulneráveis, no combate aos efeitos da Covid-19.

Nessas iniciativas, a empresa atua individualmente e em conjunto com um grupo de parceiros – que inclui outras empresas, entidades, órgãos públicos, universidades e ONGs – para expandir ao máximo tanto as medidas de conscientização e de cuidados com a saúde quanto o auxílio humanitário.

Entre as novas ações realizadas estão suporte financeiro para compra de equipamentos (08 camas, 01 eletrocardiógrafo e 01 gerador) para auxiliar instituições de saúde públicas locais, entre eles: Hospital de Itagimirim, Hospital Municipal Luiz Eduardo Magalhães e Hospital Neurocor de Porto Seguro.

 

A empresa também doou mais de 217 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para unidades de saúde da rede pública de sua região, na Bahia; e mais de 4 mil máscaras de proteção de tecido para proteção facial – confeccionadas pelas costureiras das comunidades de União Baiana, Barrolândia, Itapebi e Belmonte – foram enviadas para clínicas de atendimento social e associações de trabalhadores rurais.

 

Outra ação desenvolvida pela Veracel é o apoio às empresas parceiras na identificação de instituições de saúde e comunidades mais vulneráveis para doações externas. Em parceria com a Suzano, a Veracel investiu também na construção de um hospital de campanha, na cidade de Teixeira de Freitas (BA), que foi cedido ao Governo do Estado da Bahia, responsável pela administração do hospital, além de doar 20 respiradores à unidade.

 

Como ação de apoio direto às comunidades mais vulneráveis da região, a Veracel doou mais de 4 mil cestas básicas, que foram distribuídas para comunidades tradicionais e aldeias indígenas; 69 mil litros de hipoclorito de sódio para limpeza e tratamento de água;  e  8 mil litros de água desmineralizada, para fabricação de álcool gel e também utilizada para o plantio de alimentos por parte famílias indígenas das Aldeias Patiburi e Meio da Mata.

 

“No início da pandemia, engajamos um grupo de parceiros que inclui outras empresas, autoridades locais, organizações sociais e universidades, para uma atuação coordenada e assertiva na nossa região de atuação, especialmente para as comunidades que se encontravam mais vulneráveis. E o trabalho continua intensamente, dentro e fora da empresa, sempre visando à proteção da saúde física e mental e o auxílio aos mais necessitados”, afirma Andreas Birmoser, diretor-presidente da Veracel.  “Para os nossos colaboradores, o trabalho interno de conscientização e prevenção também prossegue. Acreditamos que só é possível superar os riscos trazidos pela pandemia cuidando uns dos outros”, complementa Birmoser.

A Veracel foi uma das empresas pioneiras no setor a alterar suas rotinas, contemplando todas as áreas, tanto as administrativas quanto as linhas de produção. O setor de celulose, por seu papel fundamental no combate aos efeitos da disseminação da Covid-19, segue operando com segurança durante esse período de pandemia, com atividades adaptadas, respeitando e seguindo todas as orientações do Ministério da Saúde e dos demais órgãos competentes.

O sistema de home office – que, desde o início do ano, já estava sendo utilizado pelos colaboradores da área administrativa de forma esporádica – desde o dia 12 de março foi prorrogado para 100% dos funcionários do administrativo, para oferecer maior segurança a todos. Idosos e gestantes foram incluídos nesse grupo. A Veracel estendeu o home office até que haja uma melhora do quadro de contaminações na Bahia. O objetivo é não colocar em risco colaboradores que hoje se encontram em isolamento social, em suas casas.