PARCERIAS
a chave
do desenvolvimento social

Baianos com Muito Orgulho!

Somado ao amor que temos à esta terra abençoada, damos muito valor às pessoas. Gente que com o sorriso no rosto, está acostumada a arregaçar as mangas para o trabalho, buscando aprender e prosperar.

Estamos inseridos neste ambiente multicultural. Enorme diversidade, comunidades tradicionais, belezas naturais, intenso turismo e clima maravilhoso. 

Neste contexto, nos posicionamos como parceiros no desenvolvimento e na capacitação das comunidades de nossas vizinhanças, apoiando projetos de agricultura familiar, de educação, gerando emprego e renda para o sul da Bahia.

Aqui, vamos apresentar algumas destas parcerias que temos orgulho de fazer parte.

Agricultura Familar: A força dos Coletivos

A agricultura familiar é capaz de mover um ciclo virtuoso de desenvolvimento. Investimos e beneficiamos pessoas por meio dos coletivos rurais, comunidade de pesca e indígenas, grupo de mulheres e associações comunitárias. Esses recursos criam as condições para identificar vocações, capacitar pessoas, dar o suporte necessário até que a autonomia e o pleno potencial sejam alcançados.

MAIS DE
1.800 FAMÍLIAS

beneficiadas no programa de agricultura familiar

Segurança Alimentar e o Cultico da Terra

Uma rica história foi vivida por seis agricultoras da Associação Miramar, em Eunápolis na Bahia, município onde está localizada a fábrica da Veracel Celulose. Neste projeto em parceria com a UFSB, provendo os insumos e apoio técnico para a Associação, foi realizado o plantio de um hectare de melancia que, após o cultivo, resultou em uma colheita de 10 toneladas da fruta!

Mostrando determinação, as agricultoras vivenciaram a primeira experiência de venda de sua produção, gerando estímulos e melhorando suas perspectivas de uma vida promissora.

Outras experiências similares também estão sendo vividas pelos coletivos que contam com a coordenação da Esalq/USP.
Foram implantados 68 hectares de quintais produtivos. Para alguns grupos, a parceria com a Veracel Celulose criou as condições necessárias para elevar o coletivo aos requisitos de acesso a recursos de políticas públicas para mais treinamentos, compra de equipamentos e investimento em novas estruturas para os empreendimentos sociais.

1o toneladas
de melancia cultivadas pelas agricultoras da Associação Miramar

Tradicionalidade e Educação

O respeito à cultura indígena é o reconhecimento da nossa formação enquanto povo. Na Costa do Descobrimento, apoiamos iniciativas de ampliação da qualidade de vida das 32 aldeias Pataxó e Tupinambá, onde convivem cerca de 22 mil indígenas.

Por meio do programa “Educação é vida”, realizado nas aldeias da nossa área de influência, temos ajudado no aumento da autoestima das crianças e na redução da evasão escolar.

O programa vai além da entrega dos materiais e inclui ações educativas relacionadas ao meio ambiente, melhorias de infraestrutura como reformas e construção de salas de aula e escolas, acesso à água de qualidade, entre outras prioridades definidas em conjunto com os gestores das unidades educacionais nas aldeias.

Programa de escolas indígenas atende
5000 ALUNOS E PROFESSORES

Tradicionalidade e Geração de Renda

As nossas ações com a aldeia Meio da Mata contribuíram para transformar a economia da comunidade indígena Pataxó, em Porto Seguro, na Bahia. Investimos em melhorias na reprodução das abelhas-rainha, impulsionando a produtividade da apicultura.

Com a transferência da tecnologia para os apicultores, conseguimos ampliar a capacidade técnica e a autonomia dos coletivos rurais. Em um aprendizado constante e coletivo, conseguimos gerar melhores condições de vida, renda e autonomia para os nossos vizinhos. 

Durante o processo de articulação do projeto com a liderança da aldeia, outra oportunidade foi identificada e a comunidade Pataxó buscou parceria da Veracel para iniciar uma lavoura de subsistência. O cultivo coletivo alcançou êxito e foram mais de 2,5 toneladas de alimentos produzidos, que complementaram a nutrição das 59 famílias, e ainda foram compartilhados com parentes de outras aldeias. Além da produção de alimentos no ano, os moradores já separaram as sementes para novas safras.

Renda, Meio Ambiente e Inclusão

O êxito das parcerias com comunidades para a apicultura abriu espaço para apresentar aos produtores a criação das brasileiríssimas abelhas sem ferrão. A atividade é denominada meliponicultura e ganhou adesão expressiva de jovens e mulheres. Além da geração de renda, reintroduzir a uruçu-amarela – a espécie eleita para o projeto – significa um grande ganho ambiental, pois elas são agentes polinizadores tanto para a mata nativa quanto para lavouras.

abelha uruçu-amarela: geração de renda e
polinização da mata nativa e lavouras

Parceria na Terra e no Mar

Pautados no diálogo constante, procuramos descobrir juntos novas oportunidades que ampliem a qualidade de vida, renda e a segurança do trabalho no mar. Assim, apoiamos diversos coletivos e associações de pescadores, pescadoras e marisqueiras do sul da Bahia. 

Um exemplo é a parceria com a Etno Consultoria, onde juntos beneficiamos 20 associações e colônias de pescadores nas cidades de Porto Seguro, Santa Cruz de Cabrália, Prado, Belmonte, Caravelas, Alcobaça, Nova Viçosa e Mucuri, com a doação de 814 rádios VHF e SSB, afim de aprimorar a segurança das embarcações da região.

Com a comunidades de pescadores e marisqueiras, oferecemos em parceria com o Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (veja box abaixo), cursos de capacitação por meio da iniciativa Empreender Sustentável. O objetivo foi apoiar o desenvolvimento de associações comunitárias da região e a sustentabilidade de seus projetos.

Valorizamos fortemente os profissionais que tem seu ofício vinculado ao mar, pois são naturais defensores da biodiversidade, proteção das espécies e do meio ambiente. Esta conduta tem total consonância com nosso propósito de ser responsável, inspirar pessoas e valorizar a vida.

Protagonismo Social e Comunidade Fortalecida

Nossa parceira com o Sebrae por meio do Programa Empreender Sustentável, busca desenvolver o empreendedorismo de associações comunitárias e a sustentabilidade dos projetos da região. Oferecemos cursos de Gerenciamento no Campo, Despertar do Associativismo e De Olho na Qualidade, além de assessorar a gestão empreendedora de suas iniciativas.

Já a parceria feita com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), alinhada aos convênios com prefeituras e associações comunitárias, promove cursos de formação profissional de assistente administrativo, costura e gastronomia. No total, mais de 300 pessoas já foram capacitadas desde o início desse programa.

O Ecoar de Muita Esperança

Os resultados do Projeto ECOAR Bahia, realizado em Porto Seguro, que envolve oficinas gratuitas de balé, teatro, instrumentos musicais de orquestra e acontece no contraturno dos alunos de escolas públicas, enchem nossos olhos de alegria.

Além da formação cultural e até profissional, o projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento social e emocional de crianças e jovens através da arte, favorecer a autoestima, a autoconfiança e a esperança em outro mundo possível para além das carências da realidade social na qual estão inseridas.

Perceber que, por meio de nosso apoio, com a disciplina e compromisso dos jovens, nos tornamos capazes de transformar a realidade de várias famílias é uma motivação valiosa que nos indica que a Veracel está no caminho certo.

Rede de Proteção para Crianças e Jovens

A garantia de direitos para crianças e jovens é uma responsabilidade coletiva. Além da família e instituições, a sociedade também pode se mobilizar, sobretudo quando o desafio é evitar a impunidade de atos de violência e exploração.

Sempre abertos ao diálogo de temas que envolvem a sustentabilidade, que vai além das questões econômicas e ambientais, em conjunto com a ONG Childhood Brasil, a Veracel Celulose apoia projetos de capacitação de profissionais da rede de assistência em Belmonte, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália e Eunápolis.

Parceria em Nível Superior